_______________________________________________________

Caros Amigos,

Hoje estou aqui para contar algumas novidades, uma delas é que agora sou colunista no site do escritor André Ferrer – que produz contos e crônicas desde os anos 1980.
Seu conto COMO DOIS ANÉIS DE MADEIRA foi publicado em 2006, pela CBJE, no volume de contos da COLEÇÃO LITERATURA CLANDESTINA.
O escritor André Ferrer faz parte da Academia de Letras de Bandeirantes.
E, aproveito aqui para agradecer ao André pelo convite na qual aceitei com muito prazer, é uma honra fazer parte deste time que esta sendo montado.

Continuarei escrevendo aqui no meu blog, e também para o site – AMIGOS DO André Ferrer, confira:

http://br.geocities.com/andreferrer.site/segmentos/colunindex.html

A outra novidade é que fui convidada a lançar um livro primeiramente a ser divulgado para Biblioteca de Canela –RS, projeto a médio prazo.

To com frio na barriga. Alegre. Com medo. Preocupada. Realizada. choro. Rio. Com vontade. Sem vontade. Empolgada. É muito trabalho.

mais ou menos esta sensação:



Era isto...
.
.
.


No mais, à espera de você, Amo!

16 Comente Aqui:

Bi, contigo as coisas são 8 ou 80, que isso?
Chego aqui e me deparo com tantas coisas, novidades, layout, céus!

Sua casa tá linda, demais, amei tudo, adoro seu refinamento em tudo, orkut, e-mail, blog, imagina o que vai ser este livro.

PARABÉNSSSSSSSSSSSSS!!!!!!!!!

esqueci de dizer que o vídeo é maravilhoso,tudo a ver contigo,cheguei a me emocionar.
beijo

Thiago Feijó disse... 19 de janeiro de 2008 16:10  

Mana,1º vez vou deixar um recado.

Meu orgulho
Casa cheia
Nosso domingão de sol

puxa,tá tudo lindo aqui.

Otimas novidades por sinal =)
e que responsabilidade né!?
beijos

josiane moreira disse... 20 de janeiro de 2008 14:31  

com lincença moça?
Deixa eu tirar os sapatos para entrar na casa nova.
Apesar de não ser nenhuma novidade para mim, deixo aqui meus décimo cumprimento.

tu és de Canela mesmo,Canela com açucar ;)

Parabéns, guria!
Bjosss

Parabéns pelas conquistas querida!

O livro, sera sobre o que?

Beijos

Parabéns,Bianca. Breve trocaremos nossos livros (o meu quero com dedicatória).

Tb sou morena menina e gaúcha!!! Sem contar que aquele loiro dela lá eu compro pagando bem rs

Beijos

Sou de Porto Alegre

fico feliz por ti, pois a idéia é sempre esta, de ir pro prelo...

hey, babe!
fico muito bom!!!!

um beijo!


ps: Amanhã tem Falópio, apareça!

Muita sorte do mundo
Ler seu texto fecundo
Em mais espaços
A fineza dos traços
E ainda um livro
Que há de ser lido no sabor do regaço
Meus parabéns
E um abraço...

Essa blogsfera é um oceano de mistérios...surpresas e na grande maioria, ótimas, como a oportunidade de receber sua visita na alcova onde desenho alguns pensamentos em palavras. Pode apostar que fiquei extasiado com o que ví por aqui, essa lufada de vida inteligente e sensibilidade.
Aceito teu calor e tua escrita. E te beijo!

RaizCultura.net disse... 22 de janeiro de 2008 19:17  

po parabens!
Pelo livro e por escrever junto com Adré Ferrer.....

Aproveite essa sensação que é uma das melhores!!!

Um grande abraço e muita luz para esse ano cheio de novidades!

euescrevo
livros
::Textos meus inéditos ::
noorkut
linkssobre
enciclopédia
videosinteressantes
sitesculturais
outrostextos
sertaoveredas
"O senhor... Mire e veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas - mas que elas vão sempre mudando. Afinam ou desafinam. Verdade maior. É o que a vida me ensinou. Isso que me alegra, montão".
(Guimarães Rosa)
caio-fernando-abreu
"Dentro de mim guardo sempre teu rosto e sei que por escolha ou fatalidade, não importa, estamos tão enredados que seria impossível recuar para não ir até o fim e o fundo disso que nunca vivi antes."
Clarice-Lispector
"Quero morrer com vida. Juro que só morrerei lucrando o último instante. Ah... como quero morrer... mas nunca morrer antes de realmente morrer."
Nietzsche
"Há sempre alguma loucura no amor. Mas há sempre um pouco de razão na loucura."
Paulo-Leminski
Que tudo se foda, disse ela. E se fodeu toda.
Mario-Quintana
"As reticências são os três primeiros passos do pensamento que continua por conta própria o seu caminho".
Mario-Quintana
"Os males do mundo toda a gente sabe! Os meus... ninguém... A minha dor não cabe, nem nos cem milhões de versos que eu fizera..."
nelson-rodrigues
"Se cada um soubesse da intimidade sexual dos outros, ninguém cumprimentaria ninguém.
Bianca Feijó em seu site







Blog Bianca Feijó